Close

Resenha – Princesa Adormecida

Princesa Adormecida – Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Páginas: 192
ISBN: 9788501034205
Nota: 5/5

Era uma vez uma princesa… Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas esta princesa sou eu. Quer dizerprincesa, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal.
Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.
Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim…


Primeiro livro de uma série de releituras da autora Paula Pimenta, Princesa adormecida traz a história da bela adormecia num contexto totalmente diferente do que já é conhecido, mas sem perder todo o encanto dos clássicos de princesas. A história é contada de forma bem moderna com direito a troca de sms e tudo mais…
Tudo começa quando Doroteia, uma brasileira, resolve ir para Paris afim de fazer um curso de gastronomia. Lá, através de uma até então amiga, ela conhece o cara por quem ela iria se apaixonar e ter uma linda filha.

Quando o coração está inquieto, a cabeça dificilmente consegue se concentrar.

Após descobrir sobre sua gravidez, Doroteia decide se casar, mas não convidar sua amiga por ter descoberto que ela era apaixonada pelo seu futuro marido. A nada amiga, chamada Marie, ficou muito aborrecida ao ver que os dois iriam casar e não ia ser convidada ao ponto de planejar o sequestro da filha deles, quando ela era apenas bebê, no seu batizado.
Um menino chamado Felipe, acaba vendo a Marie na igreja e chama a polícia. Ela acaba sendo presa por tentativa de sequestro, mas três anos depois ela é solta e assim começa uma onda de ameaças sobre a vida da Aurea, filha do casal, e a Marie diz que só irá parar quando ela completar 18 anos.
Numa tentativa de livrar a filha do perigo, Doroteia e seu marido, que pertence a uma família real, simulam a morte da sua própria filha aos 5 anos de idade e a manda para o Brasil para morar com os três irmãos da Doroteia, que no caso lembram as fadas mágicas da história original.
Ao chegar no Brasil a Aurea recebe um novo nome e acaba sendo criada com muitas restrições, afinal, ainda tinham medo que a Marie descobrisse toda a armação. Ela acabou estudando em casa com os tios e aos 11 anos foi estudar em um internato. Aos 16 anos ela, assim como as amigas queriam conhecer o mundo e foi aí que o problema começou, ela tinha receio de mentir para os tios mas precisava viver as aventuras da adolescência.

Acho que o sono tem o poder de acalmar as pessoas.

Minhas considerações

Vale muito a pena ler. Pensei eu que era bobinho e previsível, mas sqn. O livro é bom demais, cheio de reviravoltas e eventos surpresa que dão uma turbinada na história.
Foi o primeiro livro da Paula que eu li e gostei do contato com a autora, escreve bem, de forma clara e sem muito rodeio, mas com aquele toque especial que deixa o livro super envolvente.
É um livro fofo que tem um final surpreendente e que me deixou encantada, assim como na história original.
Assinatura

0 thoughts on “Resenha – Princesa Adormecida

  1. Para tudooooo. Eu amo esse livro. Foi meu primeiro da Paula Pimenta e eu meio que roubei da minha filha. Ela ganhou de presente do meu pai, mas eu li primeiro que ela. Amo as histórias da Paula, ela escreve muito bem.
    Adorei sua resenha. Beijos , Laila

  2. Oiiii, tudo bem?
    Awww, eu já tive o prazer de ler esse livro e amei. É uma leitura bem leve e a gente termina em um dia. A Paula é uma fofa e seus livros também o são. Também gostei do final dele (suspiros).
    Beijooos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *