Close

[Resenha] A Hora da Estrela – Clarice Lispector

a hora da estrela
Titulo:  A Hora da Estrela
Editora: Rocco
Páginas: 88
ISBN: 978-8532508126
Entre a realidade e o delírio, buscando o social enquanto sua alma a engolfava, Clarice escreveu um livro singular. ‘A Hora da Estrela’ é um romance sobre o desamparo a que, apesar da linguagem, todos estamos entregues.

Estrelas4
Esse livro foi o meu segundo contato com a autora e já me deixou um gostinho de quero mais para conhecer toda a obra da Clarice, arrisco a dizer que é uma das minhas autoras favoritas. Ele nos traz a história de uma nordestina chamada Macabéa que depois de perder sua tia acaba se mudando para o Rio de Janeiro, se tornando datilografa e se apaixonando por um homem metalúrgico e igualmente nordestino que depois vai trai-la coma sua colega de trabalho.
A coitada da Macabéa é obrigada a ver seu antigo amor, Olímpico de Jesus, se declarando e namorando sua colega na sua frente e enquanto trabalha, sendo que ele não tinha demonstrado nem 1% daquele amor todo com ela. Trava-a com desprezo e superioridade, fazendo com que ela se sentisse oprimida.
Além de toda desilusão amorosa, ela descobre que tem uma doença e se ver perdida e de repente sem nenhuma perspectiva de vida o que lhe deixa deprimida e faz com que ela acabe escondendo aquilo das outras pessoas e guardando o segredo consigo mesma, que nem assim queria.
IMG_20171121_100530
A Glória, que é a colega que está com seu antigo amor, as vezes até sente um remorso por ela e tenta amenizar as coisas dizendo que a Maca certamente irá arranjar outro homem que a queira. Ela fala que acabou ficando com o homem e que ele é dela porque foi o que a cartomante dela havia previsto e ela não poderia desobedecer, porque uma cartomante nunca errava e acaba convencendo a Macabéa ir nessa tal dessa cartomante para se consultar.
Essa cartomante diz para ela que ela irá ganhar muito dinheiro de um homem estrangeiro, mas a pobre mulher nem estrangeiro conhecia. Ficou esclarecido que ela iria conhecer um, que ele teria muito dinheiro e se casaria com ela. Contudo seu destino acaba por se desfazer inteiro ao atravessar uma rua.
Toda essa história é narrada em terceira pessoa, por um homem que fala da Macabéa com tanto amor e a descreve de forma simples e incrível, tornando ela tanto para ele quanto para quem ler uma mulher simples, cheia de defeitos e sensacional.  A narrativa tem um fluxo de consciência muito intenso, pois apesar de ser um livro de poucas páginas te faz pensar nas questões da vida e como tudo de certa forma é efêmero.
20161215_125345
Vale muito a pena ler, um livro de alta qualidade que é preciso e direto na sua mensagem, mas ao mesmo tempo deixa várias lacunas ao longo da história e acaba trazendo uma experiência de leitura diferente para cada leitor.
 
Assinatura
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *